logo-alto-tiete

blog Alto Tietê

como descartar resíduos

Como descartar resíduos de forma correta?

Saber como descartar resíduos da forma correta é indispensável para todos os cidadãos e para todas as empresas.

De acordo com a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais, o nosso país deixa de ganhar R$ 14 bilhões por ano pela falta de reciclagem.

Anualmente, geramos mais de 80 milhões de toneladas de resíduos. Desses, apenas 4% são reciclados.

Para reverter essa situação, há 10 anos foi criada a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) que se baseia no descarte e na destinação dos resíduos como uma responsabilidade coletiva.

Continue lendo para saber como descartar resíduos e entenda como fazer a sua parte!

Quais os tipos de resíduos?

Para saber como descartar resíduos de forma correta é indispensável compreender mais sobre os seus tipos.

De acordo com a PNRS, todo material, substância, objeto ou bem descartado que seja resultante de atividades humanas em sociedade são considerados resíduos sólidos.

Esses resíduos sólidos, por sua vez, podem ser classificados de acordo com a sua origem ou periculosidade para o meio ambiente e para a saúde de forma geral.

Em relação à origem, há 11 grupos distintos. Vamos apresentar os mais comuns:

Domiciliares

Os resíduos domiciliares, assim como nome sugere, são aqueles gerados em casa. Eles podem ser tanto orgânicos quanto recicláveis.

No primeiro caso, um exemplo são os restos de comida que são descartados normalmente na lixeira.

Já no caso dos recicláveis, são os materiais feitos de plástico, vidro, papel e papelão, por exemplo, que são amplamente encontrados em embalagens.

De limpeza urbana ou urbanos

Os resíduos urbanos e de limpeza urbana são duas categorias diferentes.

O primeiro representa os que são originários da limpeza das ruas, terrenos, praças e outras áreas públicas.

Já os urbanos são uma generalização para o de limpeza e o domiciliar.

De estabelecimentos comerciais e prestadores de serviços

São aqueles gerados em restaurantes, empresas, prédios comerciais, lanchonetes, lojas, bares, shoppings, eventos públicos e outros.

Eles também podem ser divididos em orgânicos ou recicláveis.

Industriais

Assim como o nome sugere, são os resultantes dos processos industriais, como:

  • óleos,
  • plásticos,
  • papel,
  • cinzas,
  • fibras,
  • metal,
  • borracha,
  • vidros,
  • cerâmicas.

De serviços de saúde

Também chamado popularmente de resíduo hospitalar, é preciso de muito cuidado para fazer o seu descarte da forma correta.

Como há medicamentos, agulhas infectadas e outros equipamentos de uso único, deve-se ter atenção redobrada.

Da construção civil

De acordo com a Associação Brasileira para Reciclagem de Resíduos da Construção Civil e Demolição (Abrecon), cerca de 290 toneladas de entulho são geradas diariamente no nosso país.

Dessas, apenas 21% é reciclada.

Ainda de acordo com a Abrecon, com a reciclagem total desse material seria possível construir 2.134 Maracanãs.

Outros

As categorias citadas acima são as mais comuns no nosso país.

Mas, além delas, há outras de acordo com a PNRS:

  • resíduos dos serviços públicos de saneamento básico,
  • resíduos agrossilvopastoris, relativo aos gerados na pecuária e silvicultura,
  • resíduos de serviços de transportes,
  • resíduos de mineração.

Afinal, como descartar resíduos?

Agora que você já sabe mais sobre os tipos existentes, fica mais fácil de falar como descartar resíduos corretamente.

Se você é uma pessoa que não tem empresa e produz apenas o seu próprio resíduo, recomendamos que você faça a separação de todos os materiais orgânicos dos recicláveis.

De preferência, descarte os recicláveis já limpos para otimizar o trabalho da cooperativa. E essa dica vale até mesmo para os locais que não contam com coleta seletiva oficial.

Segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, os catadores são responsáveis por mais de 90% da reciclagem no Brasil.

Contribua com a atividade deles! Deixe tudo separado e higienizado e, se possível, faça uma lixeira na casa ou apartamento especialmente para os recicláveis. Isso facilitará muito o trabalho desses profissionais.

Já se você for uma empresa que se encaixa em qualquer categoria acima, como hospital, comércios, indústrias ou construção civil, é preciso ter mais cuidado.

E esse cuidado não é apenas pelo fato da geração ser maior, mas também pelo cumprimento da PNRS.

De acordo com essa Lei, cada negócio é responsável por descartar resíduos da forma correta, ou seja, impedir que eles vão para um lixão a céu aberto ou para um aterro, caso envolva outros descartes que não sejam apenas orgânicos.

Os materiais que apresentam perigo para o meio ambiente precisam de ainda mais atenção, necessitando da implementação de uma logística reversa para impedir que eles poluam ou causem outros danos.

O não cumprimento pode gerar multas, processos ou ainda penas com prisão.

Repense, recuse, reduza, repare, reutilize, recicle e reintegre!

Além de cuidar na hora de descartar os seus resíduos, recomendamos que tanto pessoas físicas quanto jurídicas apliquem os 7 Rs da sustentabilidade.

O primeiro deles é repensar no seu consumo e descarte de forma geral.

Busque reduzir o que é jogado fora e evite o consumo excessivo.

Ao invés de oferecer copos plásticos na empresa, por exemplo, por que não incentivar o uso de reutilizáveis?

O outro R da sustentabilidade é: recusar.

Evite ter fornecedores ou comprar de empresas que não respeitem o meio ambiente.

Incentive e apoie o trabalho de quem compartilha os mesmos valores que você e sua marca!

Além disso, é importante reduzir a necessidade de descartar resíduos. Evite produtos com embalagens individuais, compre apenas quando forem extremamente necessários e foque em embalagens reutilizáveis.

Falando em reutilizar, use sua imaginação para criar itens de decoração ou reaproveitá-las para outro fim.

O outro R é reparar e consiste em consertar os equipamentos que estão quebrados ao invés de jogá-los fora. Isso pode ter um grande impacto no seu bolso e para o meio ambiente.

Também há a reciclagem, que já falamos anteriormente e demos dicas para você aplicar no seu dia a dia.

Por fim, há a reintegração que consiste em usar os resíduos orgânicos para criar uma composteira orgânica.

Isso é extremamente útil para restaurantes, bares e lanchonetes, por exemplo.

Se você tem um negócio e precisa de mais informações sobre a PNRS para descartar resíduos da forma correta, conte conosco. Somos especializados na triagem, moagem e descaracterização de materiais de empresa e comércios.

Fale conosco e saiba como podemos ajudar o seu negócio a diminuir o seu impacto ambiental e evitar problemas legais.

Últimos Posts

Entre em contato

Siga nosso instagram

Curta nosso Facebook

Endereço

Av. Adhemar Pereira de Barros, 173
Jardim Santa Maria, CEP 12.328-300
Jacareí – SP

Atendimento

Segunda a sexta das 08h às 18h, exceto feriados

FIXO PARA TODAS AS REGIÕES

(12) 3591-0995

Institucional

E-MAIL

contato@grupoaltotiete.com.br

WHATSAPP

(12) 97405-1363

Equipamentos

AGÊNCIA WEB

DBGM Creative Studio

PARCERIA

MIDIASIM

© Alto Tietê Comércio de Resíduos e Serviços Ambientais Ltda. – Todos os direitos reservados.

Entre em contato

Siga nosso instagram

Curta nosso Facebook

Endereço

Av. Adhemar Pereira de Barros, 173
Jardim Santa Maria, CEP 12.328-300
Jacareí – SP

Atendimento

Segunda a sexta das 08h às 18h,
exceto feriados

FIXO PARA TODAS AS REGIÕES

(12) 3591-0995

E-MAIL

contato@grupoaltotiete.com.br

WHATSAPP

(12) 97405-1363

AGÊNCIA WEB

DBGM Creative Studio

PARCERIA

MIDIASIM

© Alto Tietê Comércio de Resíduos e Serviços Ambientais Ltda. – Todos os direitos reservados.

Endereço

Av. Adhemar Pereira de Barros, 173
Jardim Santa Maria, CEP 12.328-300
Jacareí – SP

Atendimento

Segunda a sexta das 08h às 18h,
exceto feriados

FIXO PARA TODAS AS REGIÕES

(12) 3591-0995

E-MAIL

contato@grupoaltotiete.com.br

WHATSAPP

(12) 97405-1363

AGÊNCIA WEB

DBGM Creative Studio

PARCERIA

MIDIASIM

© Alto Tietê Comércio de Resíduos e Serviços Ambientais Ltda. – Todos os direitos reservados.