logo-alto-tiete

blog Alto Tietê

Dicas práticas de como separar lixo orgânico de reciclável!

Dicas práticas de como separar lixo orgânico de reciclável!

O lixo orgânico equivale a grande parte dos resíduos produzidos no Brasil, apresentando um grande potencial de reaproveitamento, mas que nem sempre é explorado.

Dados da Associação Brasileira das Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais mostram que, anualmente, o país produz cerca de 37 milhões de toneladas desse tipo de lixo. No entanto, apenas 1% desses resíduos é reaproveitado.

Para mudar esse cenário, existem algumas estratégias que podem auxiliar na atuação de cooperativas de reciclagem e de coleta de lixo, contribuindo para um dia a dia mais sustentável e que promova a preservação do meio ambiente.

Se quiser saber mais sobre como separar o lixo orgânico e ter práticas ambientais mais positivas, continue a leitura!

O que é lixo orgânico, seco e reciclável?

Segundo estudos conduzidos pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública (Abrelpe), no período de uma semana o Brasil produz 1,52 milhão de toneladas de lixo.

O dado é alarmante e mostra a importância de medidas responsáveis e eficientes, que promovam um gerenciamento mais eficaz desses resíduos, evitando, por exemplo, que seu descarte seja realizado de maneira inapropriada.

Os lixões a céu aberto são um caso de destinação inapropriada dos resíduos que ainda ocorre no país, trazendo grandes riscos para o meio ambiente e a saúde pública, por meio da contaminação do solo, da água e do ar.

Nesse cenário, é fundamental conhecer a realidade da produção de resíduos em nossa sociedade e entender como podemos melhorar o quadro atual.

Uma das maneiras de começar esse processo é compreender alguns termos importantes, como o que é lixo orgânico, seco e reciclável.

De modo geral, podemos elencar duas categorias para dividir os resíduos: uma de lixo orgânico e outra de lixo reciclável ou seco.

Os últimos correspondem a um grupo diverso de materiais, que dividem a característica central de poderem ser inseridos novamente na cadeia produtiva, ou seja, poderem passar pelo processo de reciclagem.

São exemplos desse tipo de material:

  • papel e papelão,
  • plástico de embalagens, 
  • latas,
  • garrafas e potes de vidro.

O lixo orgânico, por outro lado, não pode passar por esse processo. Embora não sejam recicláveis, esses materiais também podem ser utilizados de novas formas, como na produção de adubo e até de energia.

Alguns exemplos comuns de lixo orgânico são:

  • cascas de frutas,
  • borra de café,
  • sementes,
  • madeira,
  • restos de alimentos no geral.

Entender a categoria de cada material permite compreender qual a melhor forma de descartá-los, garantindo que não haja prejuízos para o meio ambiente.

Confira algumas dicas de boas práticas

Os dados acerca da produção de resíduos no Brasil são, de fato, bastante alarmantes. Por esse motivo, é fundamental conhecer algumas práticas que podem contribuir para um dia a dia mais sustentável.

Para isso, é importante manter-se informado e compreender quais são as melhores formas de lidar com o lixo que produzimos diariamente.

Crie o hábito de separar os secos dos orgânicos

Todo novo hábito começa de algum lugar e, no caso de práticas mais sustentáveis e positivas para o meio ambiente, separar o lixo orgânico dos demais é o primeiro passo.

Essa ação simples e prática permite que os resíduos produzidos em qualquer ambiente sejam destinados de maneira correta, evitando o descarte inadequado e permitindo que o potencial de cada um dos materiais seja aproveitado.

Assim, um bom jeito de começar a fazer isso é dividir as lixeiras de casa e lembrar que cada material descartado será destinado a uma delas, de acordo com a sua composição.

Para isso, você pode investir em cestos coloridos e que permitam uma organização prática e funcional no seu dia a dia.

Isso significa que, enquanto os restos de alimento serão descartados em uma lixeira, os papéis, plásticos, vidros e demais materiais recicláveis serão depositados em seus próprios destinos.

Cabe ressaltar a importância de tomar cuidado ao descartar os itens recicláveis, garantindo que não contenham resquícios de matéria orgânica, ou seja, que estejam limpos e secos.

Use várias lixeiras para os recicláveis

Para aprimorar ainda mais esse processo e adquirir hábitos cada vez mais sustentáveis, você pode ir além da separação dos seus resíduos e, além de dividir o lixo orgânico e o seco, utilizar várias lixeiras para os materiais recicláveis.

Você já deve ter visto, em algum local público ou campanha de conscientização, as cores da coleta seletiva, que todo cidadão deve conhecer para garantir o descarte correto do seu lixo.

Embora não seja preciso aplicar o sistema de cores à sua rotina, essa pode ser uma estratégia interessante para se habituar ao que cada uma índica e também para manter a divisão mais organizada e eficiente.

Dessa maneira, será possível ir além na separação do lixo e realizar o procedimento de modo ainda mais eficiente.

Utilize composteiras para o lixo orgânico

Por não poder ser reciclado, muitas pessoas não conhecem o potencial do lixo orgânico em relação ao seu reaproveitamento.

Esses materiais se decompõem naturalmente e podem ser utilizados para a produção de adubos, fertilizantes e até de combustíveis.

Para quem procura a implementação de práticas mais sustentáveis no dia a dia, a criação de uma composteira pode ser uma ótima solução, tanto por proporcionar a produção de um adubo rico para cultivar plantas quanto por representar um ótimo destino ao lixo orgânico.

Assim, é possível dar um novo uso a esses materiais em vez de descartá-los, contribuindo com o meio ambiente e com uma vida mais saudável e consciente.

Informe-se sobre pontos de coleta de recicláveis

Após separar esses itens em casa, ou mesmo no trabalho, é preciso saber como proceder em relação a eles, garantindo que recebam um destino apropriado.

Para fazer isso, empresas e condomínios podem contar com os serviços de empresas de coleta de resíduos, que conduzem todo o processo de destinação desses materiais de forma sustentável e eficiente.

Por outro lado, há ainda a opção de procurar pontos de coleta de materiais recicláveis, onde esses itens são recebidos e recebem o tratamento necessário para passarem pelo processo de reciclagem e voltarem à cadeia de produção.

Para isso, é possível se informar através de órgãos municipais, buscando e compartilhando informações que contribuam para a implementação dessas práticas mais sustentáveis.

Gostou desse conteúdo e se interessa por ações que contribuam para a preservação do meio ambiente? Conheça o Grupo Alto Tietê!

Nossos serviços são de mão de obra para o processamento dos resíduos resultantes dos processos produtivos de empresas e comércios, auxiliando no desenvolvimento de uma atuação mais sustentável para o empreendimento.

Para conhecer mais informações e entrar em contato conosco, acesse nosso site.

Últimos Posts

Por que evitar o greenwashing?

O greenwashing é uma prática que demonstra uma enorme irresponsabilidade ambiental por parte de um empreendimento, sendo um conjunto de atitudes a serem evitadas pelas

Leia mais »

Entre em contato

Siga nosso instagram

Curta nosso Facebook

Endereço

Av. Adhemar Pereira de Barros, 173
Jardim Santa Maria, CEP 12.328-300
Jacareí – SP

Atendimento

Segunda a sexta das 08h às 18h, exceto feriados

FIXO PARA TODAS AS REGIÕES

(12) 3591-0995

Institucional

E-MAIL

contato@grupoaltotiete.com.br

WHATSAPP

(12) 97405-1363

Equipamentos

AGÊNCIA WEB

DBGM Creative Studio

PARCERIA

MIDIASIM

© Alto Tietê Comércio de Resíduos e Serviços Ambientais Ltda. – Todos os direitos reservados.

Entre em contato

Siga nosso instagram

Curta nosso Facebook

Endereço

Av. Adhemar Pereira de Barros, 173
Jardim Santa Maria, CEP 12.328-300
Jacareí – SP

Atendimento

Segunda a sexta das 08h às 18h,
exceto feriados

FIXO PARA TODAS AS REGIÕES

(12) 3591-0995

E-MAIL

contato@grupoaltotiete.com.br

WHATSAPP

(12) 97405-1363

AGÊNCIA WEB

DBGM Creative Studio

PARCERIA

MIDIASIM

© Alto Tietê Comércio de Resíduos e Serviços Ambientais Ltda. – Todos os direitos reservados.

Endereço

Av. Adhemar Pereira de Barros, 173
Jardim Santa Maria, CEP 12.328-300
Jacareí – SP

Atendimento

Segunda a sexta das 08h às 18h,
exceto feriados

FIXO PARA TODAS AS REGIÕES

(12) 3591-0995

E-MAIL

contato@grupoaltotiete.com.br

WHATSAPP

(12) 97405-1363

AGÊNCIA WEB

DBGM Creative Studio

PARCERIA

MIDIASIM

© Alto Tietê Comércio de Resíduos e Serviços Ambientais Ltda. – Todos os direitos reservados.